Pular para o conteúdo principal

Confira os ganhadores do VII Prêmio Montezuma


Resultados do VII Prêmio Francisco Montezuma de Comunicação, realizado no auditório do Centro de Artes, Humanidades e Letras da UFRB, em Cachoeira, no último dia primeiro de março de 2018. O projeto de extensão é de autoria do professor Péricles Diniz e a equipe de organização do evento deste ano foi composta por estudantes de Publicidade e Propaganda e de Jornalismo. Este ano, o evento teve como tema os 50 anos da Tropicália, por este motivo a decoração, roupas e até o próprio troféu foram inspirados na estética do movimento. Para compor o júri foram convidados: a jornalista Suely Temporal, a publicitária Jéssica Almeida, a jornalista, fotógrafa e cantora Rita Tavares, o professor Juliano Mascarenhas e a professora Juciara Nogueira.




Premiados:

FOTOJORNALISMO – Bruno Leite. Tema: Boa Morte. Recebeu o prêmio das mãos da jornalista, fotógrafa e cantora Rita Tavares.




JORNALISMO ONLINE – Matéria: o custo da permanência, da autoria de Bruno Leite, Cíntia Falcão e Diamila Santos. O estudante Bruno Leite, representando a equipe, recebeu o prêmio das mãos do professor Péricles Diniz.




RADIOJORNALISMO – Rádio Quilombo, da autoria de Camila Souza, Caíque de Jesus, Luana Souza e Giovanna Ramos. Os estudantes Caíque da Silva de Jesus e Camila Souza receberam o prêmio das mãos do diretor de som do CAHL, Saulo Leal.




DESIGN GRÁFICO – O trabalho ID Bahia, da autoria de Catharina Arouca, Lorena Carneiro, Marcus Maia, Natália Figueiredo, Phael Fernandes e Rafael Cerqueira. O prêmio foi entregue aos membros da equipe pelo professor Juliano Mascarenhas.




MATÉRIA JORNALÍSTICA – Genocídio da população negra e periférica, da autoria de Jamile da Silva e Jaqueline Ferreira. Representando a dupla, Jamile da Silva recebeu o prêmio das mãos do assistente em administração Leandro Alex dos Santos Silva.




TELEJORNALISMO – Capoeira como forma de resistência, da autoria de Lorena Carneiro, Phael Fernandes, Marcus Maia, Rafael Cerqueira e Nathália Figueiredo. A equipe recebeu o prêmio das mãos do Chefe do Núcleo de Gerência Técnico Administrativo Elton Vitor Coutinho.




FOTOGRAFIA – São João, da autoria de Lucas Mascarenhas, que recebeu o prêmio das mãos da vice-reitora professora Georgina Gonçalves.




OUTDOOR – Sublime, da autoria de Fernanda Barbosa dos Santos, Gustavo Cerqueira, Lindauline Maria da Silva Moreno e Marcos Vinicius Silva. Representando a equipe, o estudante Gustavo Cerqueira recebeu o prêmio das mãos da publicitária Jéssica Almeida.




ANÚNCIO IMPRESSO – Nesta categoria houve Empate entre os anúncios Alimentação saudável, da autoria de Marcos Vinícius Silva e Juntos somos mais fortes, da autoria de Iana Joaquina Soares Pereira, que subiu ao palco para receber o prêmio das mãos da jornalista Suely Temporal.




JINGLE – Sublime, criado por Fernanda Barbosa dos Santos, Gustavo da Cruz Cerqueira, Lindauline Maria da Silva Moreno e Marcos Vinícius Silva. Representando a equipe, Gustavo da Cruz Cerqueira recebeu o prêmio das mãos do publicitário e assistente em administração da UFRB Marcus Pimentel Oliveira.




CRIAÇÃO EM RÁDIO E TV – Campanha eleitoral criada por Deise Almeida, Felipe Coutinho, Jelson Júnior, Magno Rosário, Michelle Brito, Paula Santos, Tayse Santos e Yuri Santos. A equipe subiu ao palco para receber o prêmio das mãos do administrador de empresas Jordon Neuberger.




CAMPANHA PUBLICITÁRIA – Audaciosa, elaborada pela equipe formada por Adan Gabriel Marques, Mário Bernardo de Oliveira Alves, Brenda Almeida de Souza e Iana Joaquina Soares Pereira. Subiu ao palco representando a equipe a estudante Iana Joaquina, que recebeu o prêmio das mãos da professora Juciara Nogueira.





A partir desta edição, o Prêmio Francisco Montezuma de Comunicação inclui em seus objetivos o reconhecimento às personalidades e entidades que, de alguma forma, contribuíram para criação ou consolidação do curso de Publicidade e Propaganda. Com tal objetivo, foi criado o Prêmio Especial Professora Rachel Severo Neuberger e esta iniciativa visa, também, poder  homenagear à intelectual, colega e profissional que ainda tão jovem se tornou uma das mais queridas professoras da Universidade. A pessoa homenageada com este Prêmio Especial foi a vice-reitora da UFRB, professora Georgina Gonçalves, que recebeu a homenagem das mãos de familiares da professora Rachel, entre os quais, o administrador de empresas Jordon Neuberger.




No final do evento, o professor Péricles Diniz chamou a todos os estudantes que participaram da organização para subirem ao palco.



Postagens mais visitadas deste blog

Indicados em Matéria Jornalística

Saem os primeiros finalistas para o Prêmio Montezuma: por indicação do professor Carlos Ribeiro, estão concorrendo na categoria Matéria Jornalística: Catharina Arouca e Kaio Pereira - O ensino superior e as consequências para a saúde mental dos jovens. CONFIRA A MATÉRIA DE CATHARINA E KAIO.

Catharina Arouca - Expressão: liberdade ou prisão? CONFIRA AQUI A MATÉRIA DE CATHARINA.

Jamile da Silva e Jaqueline Ferreira - Genocídio da população negra e periférica. CONFIRA A MATÉRIA DE JAMILE E JAQUELINE.

Lucas Mascarenhas - Projetos sociais incentivam jovens de Cachoeira a se aproximarem da dança. CONFIRA A MATÉRIA DE LUCAS.

Magno do Rosário - Paredes pintadas do CAHL dividem opiniões.CONFIRA A MATÉRIA DE MAGNO. A VII edição do Prêmio Francisco Montezuma está marcado para o dia 1° de março de 2018, este ano o prêmio será com o tema Tropicália e será a primeira edição em que será entregue o troféu Rachel Neuberger.

Moda ou antimoda? 50 anos da Tropicália

Por: Gabriella Freitas, Janeise Santos e Bruno Brito A música brasileira pós-Bossa Nova e a “definição musical” no País estavam cada vez mais dominadas pelas posições tradicionais ou nacionalistas de movimentos ligados à esquerda, e no quesito moda, o que estava em vigor na década de 1960, era um vestuário amarrado a formas retilíneas, tons pastéis e uma cartela de cores nem um pouco ousada. Contra essas tendências, um grupo baiano e seus colaboradores procuraram universalizar a linguagem da MPB, incorporando elementos da cultura jovem mundial como o rock, a psicodelia e a guitarra elétrica. Aliado a essa nova experiência musical, os tropicalistas, como passaram a ser chamados, chocavam ao público com suas apresentações de grande apelo visual. É, que, além de transmitir a mensagem por suas letras e melodias irreverentes, os artistas tinham como intenção, desconstruir o conceito estético do belo e adotar a roupa como um prolongamento do corpo, sendo esse, um dos principais elementos d…

Inscrições seguem abertas

A professora Talyta Singer enviou uma lista com os 10 melhores trabalhos em Webjornalismo nos anos de 2016 e 2017, mas como esta edição premiará todo o período de maneira unificada, estamos trabalhando para publicar, em breve, a relação definitiva dos cinco indicados na categoria.

Como os concorrentes em Matéria Jornalística já estão definidos (confira na postagem anterior) e até o momento os professores não apresentaram suas indicações, seguem abertas as inscrições, que devem ser feitas pelos próprios estudantes, autores dos trabalhos, nas seguintes categorias:

Campanha Publicitária
Jingle Publicitário               Criação em Rádio e TV        Outdoor                                                       Anúncio Impresso                Fotografia Publicitária                    Fotojornalismo                     Radiojornalismo                         Telejornalismo                                          Design Gráfico